quinta-feira, 28 de abril de 2016

Missões Uruguai Miss.Luis Felipe de Medeiros Brito


¡ Bienvenidos ! Paz do Senhor a todos!
Gostaria de louvar a Deus por sua vida e pelo interesse de acompanhar o que Deus tem feito aqui no Uruguai, muito obrigado!
                Pede-me e eu te darei as nações por herança e os confins da terra por possessão (Salmos 2.8)
                Amigos, aprouve ao Senhor me chamar para servi-Lo aqui no Uruguai junto a uma família missionária de nossa Igreja; eu ouvi a Sua Voz e obedeci.
                Bom, quero agradecer o Senhor pela viagem de vinda, pelas despedidas calorosas e pela recepção aconchegante aqui no Uruguai. Esse país também é a minha casa – nosso lema.
                Graças a Deus já começamos os trabalhos – mãos à Obra. Confesso que são muitos os desafios que estamos vivendo... o idioma, a cultura, a evangelização, enfim. Porém também estamos desfrutando dos milagres do Senhor... salvação, trabalhos evangelísticos, libertações, enfim.
                Atualmente estamos desenvolvendo trabalhos evangelísticos em um povoado circunvizinho, em uma casa de idosos, iniciamos a Escola Bíblica para crianças e, pronto, iniciaremos os grupos familiares. É um desafio em tanto, não é? Mas cremos que Deus está no controle e é capaz de abrir portas para que o nome dEle seja glorificado.
                O desafio continua, e por isso gostaríamos de contar com a sua ajuda. O Uruguai é um país relativamente “apático e frio” em relação ao Evangelho, mas cremos em milagres! Começamos a Escuelita Campeones de Dios com o intuito de alcançar mais crianças (e adultos) para o Reino e temos alguns desafios.
                Necessitamos de uma cama elástica e de um balanço para usar na escolinha e melhor servir aos nossos pequeninos, o custo total é $ 14.000 pesos uruguaios; continuamos crendo em milagres! Ore conosco nesse sentido!
                Novamente muito obrigado pelo seu apoio, em breve espero trazer mais notícias boas!

Deus abençoe!
Miss. Felipe Brito
Santa Lucía, Canelones, Uruguay.
27.04.2016