terça-feira, 12 de abril de 2016

Chris Durán volta aos palcos após 7 anos: “A fama passa, mas Jesus jamais passará”



Hoje, Durán afirma que não quer retomar o sucesso dos anos 90. (Foto: Reprodução/Record)

O cantor fez uma participação ao vivo no programa Domingo Show, da Record, neste domingo (10).
Depois de sete anos sem aparecer nos palcos da televisão, o cantor Chris Durán fez uma participação ao vivo no programa Domingo Show, da Record, neste domingo (10).

Antes de ir ao palco, o programa exibiu uma entrevista concedida na casa do cantor, onde ele revelou o motivo de ter abandonado a carreira e as dificuldades que passou com seu antigo empresário.

"Meu empresário tinha um temperamento muito duro e me explorava muito, até mesmo na parte física. Eu não tinha controle do que ganhava: programas internacionais, eventos, tudo passava por ele. Ele me mantinha como um pássaro preso na gaiola e me alimentava só do que eu precisava. Tinha conforto, fama e aparência, mas era uma gaiola", revela Chris.

Além de viver uma carreira acompanhado pelo sentimento de solidão, as coisas foram piorando depois que Chris se envolveu em três acidentes de carro. O mais grave aconteceu em 2001, no Chile.

"Depois de uma apresentação com Gloria Estefan, a van que eu estava bateu de frente com um ônibus. Foi uma pancada muito forte, serraram a van para me tirar. Minha carreira teve de parar, fiquei engessado e voltei para a França. Depois desse acidente, houve outro quando voltei para o Chile, mas esse não foi grave. Logo depois, em Miami, o motorista da limusine bateu. Fiquei com trauma e uma insegurança muito grande acerca da vida", relata.
Desde então, a vida piorou. Poliane Calderin, esposa do cantor, disse que o casal passou por necessidades financeiras. "A gente chegou a recolher moedas na gaveta para comprar água, mas em tudo o Senhor supria. Ele mandava pessoas para cuidar da gente, pessoas que batiam na nossa porta e diziam: 'eu trouxe uma compra para vocês'. E a gente via em tudo Deus", relembrou ela, emocionada.

Hoje, Durán afirma que não quer retomar o sucesso dos anos 90. "Nunca mais cantei e nem quero voltar no passado. Precisei me reconstruir, hoje tenho uma identidade. Saudade talvez não seja a palavra adequada, mas tenho a lembrança de uma história muito bonita, de nações que me deram muita atenção e carinho. Foram momentos de grande alegria, mas cada tempo tem sua beleza”, disse ele.

“A fama passa, o sucesso passa, mas Jesus jamais passará. Cristo salvou minha vida", ressaltou.Assista:



Fonte;http://josiel-dias.blogspot.com.br